Atrelagem, esporte que remete ao charme das grandes épocas
Até o surgimento do automóvel, a atrelagem existia apenas como necessidade de transporte de pessoas e mercadorias. No entanto, ela se transforma em uma espécie de arte quando o homem começa a preocupar-se com a direção correta dos cavalos, com a sutileza, delicadeza e habilidade na sua condução, aprimoradas com o estudo dos seus movimentos.
Atualmente, a Atrelagem é uma modalidade esportiva reconhecida pela Federação Equestre Internacional, que consiste em conduzir um ou vários animais unidos por arreios a um carro (carruagem ou trole) de duas ou quatro rodas. Os principais componentes desta modalidade são os cavalos (ou pôneis), o carro, os arreios e o condutor (cocheiro).
Finalidades mais comuns 
Assim como a Equitação, a Atrelagem tem várias finalidades. Como serviço, ainda hoje ela está presente no transporte de cargas e deslocamento de pessoas, seja a trabalho ou viagem.
No lazer, ela se destaca nos passeios, romarias, exibições em shows ou eventos agropecuários e, inclusive, no turismo equestre. Já como terapia, a aplicação da Atrelagem se faz presente na complementação de tratamento médico para portadores de deficiências ou necessidades especiais.
Mas, é no esporte que a Atrelagem consegue mostrar toda a sua versatilidade, principalmente nos eventos americanos e europeus. Entre os exemplos mais comuns estão o CCA – Conjunto Completo de Atrelagem, o CC – Conjunto Combinado, as corridas de trote e algumas provas mais tradicionais, como Adestramento, Maneabilidade, Maratona, Derby e Concurso de tradição, em que se utilizam carros antigos e competidores vestidos a caráter.
Scroll Up